HomeSP NotíciasAME Mulher começa a atender pacientes para pequenas cirurgias

AME Mulher começa a atender pacientes para pequenas cirurgias

DATA

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img






- Publicidade -

Unidade dentro do Hospital Maternidade Leonor Mendes de Barros possui centro cirúrgico capacitado para realizar 100 atendimentos por mês



AME Mulher no Hospital Maternidade Leonor Mendes de Barros, no Belenzinho, zona leste de São Paulo

Encaminhada ao Hospital Maternidade Leonor Mendes de Barros em julho deste ano para fazer exames, Sandra Gomes de Mendonça, de 52 anos, não imaginava que, em pouco mais de três meses, estaria não só com o diagnóstico fechado, mas também com o procedimento realizado. A artista plástica, que mora em Mogi das Cruzes, foi uma das primeiras pacientes a ser atendida no novo AME Mulher, na zona leste da capital paulista, inaugurado no último dia 30 de outubro pelo Governo de SP.

“Eu confesso que, quando eu cheguei, pensei que a cirurgia fosse acontecer no ano que vem. Fiz todos os exames que teria que fazer. Foi a primeira vez que, em menos de três meses, eu consegui resolver tudo. Hoje eu já fiz a cirurgia. Foi muito bom. Agora eu só preciso fazer o retorno”, contou  Sandra.

O procedimento pelo qual Sandra passou, chamado conização, é considerado simples, mas vital, já que envolve a remoção de lesões e inflamações pré-cancerosas do colo uterino. Este e outros procedimentos de baixo risco passaram a ser realizados no centro cirúrgico ambulatorial no último mês. O primeiro Ambulatório Médico de Especialidade (AME) do estado para atenção exclusiva à saúde feminina tem capacidade para realizar 1,1 mil consultas todos os meses, além de 100 cirurgias.

“Sabemos que a mulher enfrenta muitos desafios no cuidado da sua saúde. O centro cirúrgico do AME Mulher tem o objetivo de agilizar atendimentos. Esse é um enorme ganho para a população feminina de São Paulo e a nossa meta é trabalhar para que cada vez mais essas mulheres sejam atendidas o mais precocemente possível e tenham suas demandas atendidas,” afirma Fernanda Carvalho Raimundo, diretora de enfermagem do AME Mulher.

Além do centro cirúrgico que conta com duas salas de operação e três macas de recuperação pós-anestésica, o AME Mulher tem 17 consultórios e um espaço exclusivo para telemedicina. Há quatro salas de apoio para equipe multiprofissional, duas salas para colposcopia, cinco salas para exames de imagem, um laboratório de coleta, uma sala de cardiotocografia, uma sala para vacinação e um consultório odontológico.

O atendimento é feito por uma equipe multidisciplinar com médicos, enfermeiros, assistentes sociais, nutricionistas, psicólogos e outros profissionais de saúde. O AME Mulher também reúne especialistas em medicina fetal, ampliando o acesso das gestantes a exames e a qualidade dos procedimentos de pré-natal.

O AME Mulher ainda vai oferecer serviços terapêuticos e exames de apoio diagnóstico, como ultrassonografias e mamografias, além de cirurgias ambulatoriais como laqueaduras, histeroscopias e laparoscopias. Todas as pacientes atendidas na unidade são encaminhadas pelas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), com regulação via Central de Regulação (Cross).

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap



Informações GOV SP

MAIS RECENTES

MAIS NOTÍCIAS