HomePolíticaAté quando vai o Desenrola Brasil? Veja data e saiba como participar...

Até quando vai o Desenrola Brasil? Veja data e saiba como participar | Finanças

DATA

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img


- Publicidade -

As pessoas que estão inadimplentes têm até o mês que vem para participar do Desenrola Brasil. O programa, criado pelo Governo Federal, visa renegociar com desconto as dívidas em atraso.

O encerramento do Desenrola Brasil está previsto para 31 de dezembro. Ao todo, mais de 600 empresas estão participando. Entre elas, bancos, varejistas, companhias de água e saneamento e distribuidoras de eletricidade.

Quem pode participar do Desenrola Brasil?

Segundo as regras do programa, estão elegíveis para participar do Desenrola Brasil:

  • Pessoas Físicas com renda bruta mensal de até dois salários-mínimos ou que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico);
  • Pessoas que tenham dívidas negativadas de 2019 a 2022, e cujo valor atualizado seja inferior a R$ 20 mil. O valor do financiamento, por sua vez, será de até R$ 5 mil por cliente, considerando o somatório das dívidas financiadas.

Como é feita a renegociação das dívidas?

Para fazer uma renegociação ou consultar as que estão disponíveis, é necessário acessar a plataforma gov.br.

Após informar o CPF e a senha cadastrados na plataforma, a pessoa poderá escolher na página do Desenrola Brasil as dívidas que deseja quitar ou fazer o acordo.

Em seguida, ela escolhe se quer pagar o valor com desconto à vista ou parcelar em até 60 meses, com prestação mínima de R$ 50 e juros de até 1,99% ao mês.

Caso a pessoa opte pelo pagamento à vista, estarão disponíveis a opção de boleto e PIX, com vencimento no dia seguinte à emissão.

Nos casos de parcelamento, os pagamentos poderão ser feitos por meio de débito em conta corrente, boleto bancário ou PIX.

Todas as renegociações são feitas online, de segunda a sexta-feira, das 08h00 às 21h00 — exceto feriados.

Em quanto tempo a dívida sai dos órgãos de proteção de crédito?

O prazo para baixa das dívidas no SPC, Serasa, Boa Vista ou Quod é de até 10 dias úteis, a contar da data de confirmação do pagamento à vista.

Para as dívidas parceladas, o prazo é de 15 úteis após a confirmação do acordo.

Entre as que não podem ser renegociadas estão as dívidas do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), crédito rural, financiamento imobiliário, créditos com garantia real, operações com funding ou risco de terceiros.

Por que todas as minhas dívidas não aparecem disponíveis para renegociação?

De acordo com o Governo Federal, “vários fatores” podem fazer com que uma determinada dívida não apareça disponível para renegociação. São eles:

  • A negativação do cliente ocorreu antes de 1º de janeiro de 2019 ou após 31 de dezembro de 2022;
  • O registro do valor original da dívida é maior que R$ 20 mil;
  • A empresa em que a pessoa possui a dívida não se habilitou para participar do programa;
  • A empresa em que a pessoa possui a dívida não ofertou descontos necessários e, por isso, a dívida não foi selecionada para renegociação.

O Governo ainda recomenda que, caso uma dívida não esteja disponível, o credor ou outros canais de renegociação sejam procurados.

*Estagiária sob supervisão de Diogo Max



Foto : Crédito Foto: G1

MAIS RECENTES

MAIS NOTÍCIAS