HomeEducaçãoGoverno de SP prorroga até 21 de setembro prazo para matrículas na...

Governo de SP prorroga até 21 de setembro prazo para matrículas na rede estadual

DATA

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) prorrogou até o próximo dia 21 de setembro o prazo para as matrículas de novos estudantes para o ano letivo de 2024. Os interessados devem procurar uma das mais de 5 mil escolas estaduais e fazer a inscrição. No caso de menores de 18 anos de idade, o cadastro é realizado por um dos pais ou representante legal. É preciso apresentar RG, histórico escolar e comprovante de residência.

A matrícula também pode ser feita de forma presencial, nos balcões de atendimento do Poupatempo (veja aqui os endereços), ou virtual, na Secretaria Escolar Digital (SED).

Para quem já estuda na rede estadual de São Paulo neste ano, a rematrícula para 2024 também é obrigatória até o dia 21. Nesse caso, basta acessar a página da Secretaria Escolar Digital, pelo perfil do responsável ou estudante maior de 18 anos, e clicar em Gestão Escolar > Matrícula > Rematrícula.

Os interessados em vagas nas classes da Educação de Jovens e Adultos (EJA) precisam se atentar às idades mínimas. Para o Ensino Fundamental II – Anos Finais (6º ao 9º ano), são aceitas matrículas de estudantes com 15 anos completos. Já no Ensino Médio (1ª a 3ª série), a idade mínima é de 18 anos. Para as unidades do Centro Estadual de Educação de Jovens e Adultos (Ceeja), o cadastro é válido para maiores de 18 anos tanto para Ensino Fundamental quanto Médio e o período de rematrícula foi estendido até 2 de outubro.

O resultado da efetivação das matrículas estará disponível para consulta a partir do dia 11 de dezembro, na página da Secretaria Escolar Digital e nas secretarias das escolas. Caso haja interesse por uma unidade específica, o estudante precisa aguardar o período de transferência, previsto para janeiro.

Ensino Médio: escolha do itinerário formativo

No ato da matrícula e rematrículas, estudantes que vão cursar a 1ª série do Ensino Médio no próximo ano letivo também devem fazer a escolha do itinerário formativo. São ao todo três opções: Matemática e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e Suas Tecnologias, Linguagens e suas Tecnologias e Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, oferecidos em todas as 3.700 escolas com alunos do Ensino Médio, ou ainda o Ensino Técnico, ofertado em 1.200 unidades da rede.

A escolha baseará a vida escolar desses alunos nas próximas etapas do Ensino Médio. A opção deve ser feita no site da Secretaria Escolar Digital (SED), por meio deste link.

No Ensino Técnico, terão prioridade na escolha alunos já matriculados nas unidades que oferecerão a modalidade. No total, são dez áreas de formação disponíveis na rede, mais 23 opções por meio de parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), além das turmas que têm aulas com professores do Centro Paula Souza.

Diante de eventual aumento da demanda para os itinerários de formação técnica, terão preferência na escolha os alunos que atenderem a três critérios, com igual peso para cada um deles:

1. Média das notas em português e matemática da Prova Paulista nos dois primeiros bimestres de 2023;
2. Média de frequência escolar durante o primeiro semestre;
3. Menor distância entre a residência do aluno e a escola estadual escolhida (sendo que menor distância resultará em maior pontuação).

Fonte: Governo do estado

MAIS RECENTES

MAIS NOTÍCIAS

%d