HomePiracicaba e RegiãoNível do Ribeirão Quilombo sobe 1,7 metro em Nova Odessa, alaga ruas...

Nível do Ribeirão Quilombo sobe 1,7 metro em Nova Odessa, alaga ruas e mobiliza Defesa Civil

DATA

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Chuvas que atingiram cidade elevaram em 1,7 metro o nível do Ribeirão Quilombo entre a noite de terça e a manhã desta quarta-feira (29). Não há informações sobre desabrigados até o momento. Chuvas fazem nível do Ribeirão Quilombo subir em Nova Odessa e mobiliza Defesa Civil
Prefeitura de Nova Odessa
As chuvas que atingiram as cidades que integram a Bacia do Ribeirão Quilombo elevaram em 1,7 metro o nível do manancial em Nova Odessa (SP), entre a noite de terça e a manhã desta quarta-feira (29), de acordo com informações da prefeitura ao g1.
Ainda segundo a Administração Municipal, até a publicação desta reportagem, vias dos bairros São Jorge e Flórida foram tomadas pelas águas, mas não havia registros de famílias desabrigadas.
As águas do ribeirão já alagaram algumas ruas. Vias foram interditadas pela Defesa Civil e sinalizadas pelo Setor de Trânsito, segundo a prefeitura.
No dia 27 de novembro, foram registrados 22,9 milímetros de chuvas. Nesta terça-feira (28), a Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa (Coden), a cidade registrou 52,5 milímetros em volume de chuvas.
Ações
Desde o fim da noite de terça-feira (28), conforme informação da Defesa Civil Municipal, foi iniciado o Plano de Contingência para momentos de cheia do rio. As ações, afirma o Executivo, envolvem outros setores e instituições do Município.
Ruas de Nova Odessa ficam alagadas após cheia do Ribeirão Quilombo
Prefeitura de Nova Odessa/Reprodução
“Equipes da força-tarefa coordenada pela Defesa Civil já estão em contato com famílias de bairros ribeirinhos como Jardim São Jorge e Flórida, oferecendo apoio logístico e material. Nenhuma família está desabrigada até o momento”, disse.
A prefeitura afirma que o Fundo Social e Promoção Social estão de sobreaviso caso seja necessário apoio com cestas básicas, agasalhos.
“A Coden e Defesa Civil seguem monitorando o nível do rio. Quando as águas baixarem, Coden e Serviços Urbanos devem iniciar a limpeza das mesmas”, afirma a Administração Municipal em comunicado.
VÍDEOS: Tudo sobre Piracicaba e região
Veja mais notícias da região no G1 Piracicaba



Creditos e fotos: Portal G1

MAIS RECENTES

MAIS NOTÍCIAS